Professor Pasquale (Pasquale Cipro Neto)

Frases: 

"O sujeito que usa um termo em inglês no lugar do equivalente em português é, na minha opinião, um idiota".

Revista Veja, 10 de Setembro de 1997.

"[..] a São Paulo que fala 'dois pastel' e 'acabou as ficha' é um horror. Não acredito que o fato de ser uma cidade com um grande número de imigrantes seja uma explicação suficiente para esse ' português esquisito' dos paulistanos. Na verdade, é inexplicável".

Revista Veja, 10 de Setembro de 1997

Veja mais em wikiquote.org

Biografia: 
Pasquale Cipro Neto se formou em Letras na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Professor de português desde 1975 criou e apresenta o programa Nossa Língua Portuguesa e escreve colunas para vários jornais e revistas.

Assunto:

Comentários

É isso mesmo........ Gravidezes

Que tal gestações?

O plural de gravidez é gravidezes mesmo.

Um deputado estava em dúvida no discurso e perguntou ao aspone: rápido, qual o plural de insensatez? O aspone lépido respondeu: o mesmo plural de gravidez. O deputado: e qual o plural de gravidez, ôrra? LAS

esses dias criou-se uma dúvida, que gerou muita discussão, em torno da palavra esfirra (aurélio) - esfiha (michaelis) - Qual a maneira correta! Obrigado!

Uma freirinha entrou em uma padaria na Mooca. Acabara de sair um garota de programa do lugar. Havia uma esfiha mordida em um pratinho. A religiosa pergunta de quem a esfiha deixada assim no prato. O atendente diz: "Me perdoe, minha freira, mas é a esfiha da puta que saiu! LAS

É errado dizer ou escrever 1 mil real

Apesar da unidade de milhar estar no singular, a quantidade referida encontra-se no plural.

Gostaria de saber quando utilizar e não utilizar a palavra aproveitoso, p. ex.: em minhas aulas ele não rende de modo aproveitoso. Ele não é muito aproveitoso.

Gostaria se saber a escrita correta no plural da frase: Papai Noel tropical Obrigado.

qual o sujeito dessas palavras ouviram do ipiranga as margens plácidas de um povo heróico o brado retumbante.

Disponha a frase na sequência usual das palavras. Assim, ficará mais claro. "As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heróico." Quem ouviu? As margens plácidas. Sujeito=margens do Ipiranga É matemática pura! Sempre identifique a melhor disposição das variáveis para facilitar a resolução do problema. Depois resolva. jose.leoncio@ig.com.br

as margens plascidas .. a frase esta invertida

O sujeito está oculto. (eles) ouviram...

Você se equivoca. Se ... "as margens pláscidas" fosse crasiado, sería realmente sujeito oculto, no entanto, como não está, o sujeito é: as margens pláscidas.

Ouve-se na boca do povo, de padres, de bispos e até do Papa, quando da oração do Pai-Nosso, o seguinte: "... e não nos deixeis cair em tentação mas livrais-nos do mal." Está correto o uso do MAS na oração mais conhecida do Ocidente? Um abraço Aguinaldo osmiguel@uol.com.br

Este é um trecho de Mateus 6, que diz assim: "E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal". Às vezes é usada na segunda pessoa do plural. No meu entender a conjunção MAS indica aqui reforço ou ênfase. Se eu estiver errado, por favor me corrijam. Abs, Paulo Martins paulomartins.geo@yahoo.com

Como se escreve a palavra mussarela, visto no dicionário traz: muçarela, mozalera. Qual é a correta?

esta correto

gostei muito das pegutas, mas ode estão as respostas?

Oi Prof. Pasquale, gostaria de saber onde está o sujeito da oração na frase abaixo. Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heróico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. obrigado. marcio Adriano. marciomass@hotmail.com

trata-se de sujeito indeterminado . "às margens plácidas " é adjunto adverbial.Tem crase, certo? Então o sujeito é indeterminado.Se não houver crase ,"as margens plácidas ouviram o brado retumbante de um povo heróico", logo ,sujeito = as margens plácidas.

e haja frescura...

O sujeito é "as margens plácidas" porque só este termo concorda com o verbo "ouviram".

O sujeito da oração é: O brado retumbante. Passe a frase para a voz ativa, assim fica mais fácil visualizar o sujeito da oração. "O brado retumbante de um povo heróico foi ouvido às margens do Ipiranga. Acho que é esse o sujeito.

Está errado. O termo "as margens" não tem acento grave, portanto é sujeito...

Sugiro que releia o Hino Nacional. O correta é "às margens", ou seja, o local onde o sujeito oculto "eles" ouviram o brado retumbante de um povo heróico.

Nosso amigo está errado. Prestem atenção na minha explicação: Ouviram do Ipiranga as margens plácidas de um povo heróico o brado retumbante Qual é o verbo? Resposta: Ouviram Como as margens não podem ouvir, portanto elas não podem ser o sujeito O povo heróico poderia ouvir. Mas, não pode ser o nosso sujeito, devido a preposição "De", que quer dizer que alguém ouviu do povo heróico. Portanto, O sujeito é indeterminado, pois segundo a regra, verbos na 3ª pessoa do plural não possuem sujeito, desde que o contexto não permita identificá-los. A frase correta seria: "Ouviram o brado retumbante de um povo heróico as margens do Ipiranga" A análise sintática seria: Sujeito inexistente Ouviram > Verbo transitivo direto O brado retumbante > Objeto direto De um povo heróico > Objeto indireto As margens do Ipiranga > Adjunto adverbial de lugar Espero ter esclarescido sobre essa questão mal formulada pelos professores da FNM de São Paulo

Páginas

Comente

Full HTML

  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <h4> <blockquote>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Atenção:

Não há censura de opinião nos comentários, mas o vc é o responsável pelo que escrever. Ou seja, aqui vale o Yoyow (You Own Your Own Words).

Lembre-se: Opinião é diferente de informação.

Informações sem fonte ou que não puderem ser checadas facilmente podem ser deletadas.

Serão apagadas sem dó mensagens publicitárias fora de contexto, spam usado para melhorar a posição de sites e outras iniciativas de marqueteiros pouco éticos.

Grosserias desacompanhadas de conteúdo, coisas off-topic e exagero nas gírias ou leet que dificultem o entendimento de não-iniciados tb não serão toleradas aqui.

Vou apagar sumariamente todos os comentários escritos inteiramente CAIXA ALTA e mensagens repetidas.

Além de prejudicar, a leitura é falta de educação.

Não publique tb números de telefone, pois não tenho como checá-los. As mensagens com números de telefone serão apagadas inteiras.

Obviamente, qq conteúdo ilegal tb será deletado sem discussão.

Todas os comentários são considerados lançados sobre a licença da Creative Commons.

Se você não quer que seu texto esteja sob estes termos, então não os envie.